sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Paulo Freire




"Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo,
torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente,
ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se
a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela
tampouco a sociedade muda."

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Beirut


Que
canção emoldura os momentos dos jovens Capitu e Bentinho e que também serve como tema de encerramento da minisérie Capitu?

A resposta é BEIRUT.

Que neste caso não tem nada a ver com a capital libanesa e sim um guri norte-americano de vinte e pouquinhos anos chamado Zach Condon.

Zach é tão (ou mais) prodigioso quanto o Conor Oberst (Bright Eyes). Ambos lançaram trabalhos musicais com 15 anos. Mas o Zach sempre experimentou mais, como mostram trabalhos anteriores ao Beirut, influenciados por bandas tão diversas como Magnetic Fields e Frankie Lymon & the Teenagers.

O Beirut nasceu em 2006, isso anos depois que Zach Condon ter viajado pela Europa com seu irmão, aonde teve o seu primeiro contato com a música dos Balcãs, através de artistas como Boban Markovic Orchestra and Goran Bregovic.

Por conta de um problema no pulso, o que o impede de chegar ao limite do braço de um instrumento como o violão, Condon escolheu como instrumentos principais o trumpete e o ukulele (uma espécie de violão pequeno, com 4 cordas). Os dois instrumentos são a base dos trabalhos do Beirut, banda que pode ser definida como uma fanfarra cigana dos balcãs, já que Condon está sempre acompanhado de uma banda cheia de músicos.

A estréia da banda aconteceu em 2006 com o álbum Gulag Orkestar, cuja canção Postcards From Italy ganhou bastante destaque na internet, através de blogs e vídeos de shows no YouTube.

Em 2007 foi o ano mais produtivo da banda. Em janeiro lançaram o EP Lon Gisland, que começa com o a canção mais conhecida da banda, Elephant Gun (que também é a trilha sonora oficial de Capitu). No mês seguinte, um novo EP, Pompeii, mostra uma outra faceta do Beirut, através de duas canções, uma canção com influências eletrônicas e até de guitarrada (é zoeira, mas vale a viagem). Devido ao sucesso de Elephant Gun, a canção ganha um EP com o mesmo nome.

Ainda em 2007, em Outubro a banda lança o aguardado segundo álbum, The Flying Club Cup, que tem como destaques Nantes e Sunday Smile. Nantes, aliás, ganhou duas versões fantásticas ao vivo que valem muito a pena ver.

Em 2008, o Beirut cancelou sua turnê européia, com Condon alegando que estava trabalhando para que as apresentações da banda ficassem "humanamente perfeitas" (isso possivelmente explica por que eles não vieram pro TIM Festival desse ano, já que estavam cotadíssimos). Um outro motivo dessa ausência dos palcos é que a banda está trabalhando num novo trabalho, um EP duplo, March of the Zapotec / Holland, que trará os reflexos da viagem de Zach Condon à cidade mexicana de Oaxaca, e também algumas pirações eletrônicas.


Segue agora o som da "Capitu"
Elephant Gun - Beirut


video

Jean Paul Sartre.



"É preciso explicar por que o mundo de hoje, que é horrivel, é apenas um momento do longo desenvolvimento histórico e que a esperança sempre foi uma das forças dominantes das revoluções e das insurreições. Eu ainda sinto a esperança como concepção de futuro."


Jean Paul Sartre.